quarta-feira, setembro 17, 2014

Papas de aveia voltam ao pequeno-almoço português .

Boa tarde leitores.

Hoje trago um tema bem importante para a alimentação. Aproveito e tiro algumas dúvidas que têm surgido de seguidores meus.

Hoje vamos falar de um alimento, ou melhor, superalimento. Este produto merece destaque sem dúvida.
Estou a falar da aveia. 

Tenho uma certa noção que a aveia, antigamente, era um alimento usado por classes com baixo poder económico, por ser um cereal barato e que rende bastante. Havia a distinção, meninos pobres comiam aveia e meninos ricos comiam os ditos cereais bons de marca (para mim açucares). 

Por outro lado as pessoas têm ideia que a aveia é um inimigo na alimentação, um verdadeiro monstro. Ainda oiço dizer que não se deve comer aveia porque engorda horrores. 

Ultimamente, de uns anos para cá, quando pesquisamos receitas e receitas saudáveis ou dentro de uma alimentação mais natural e equilibrada, vemos este cereal a aparecer muitas vezes. Ah pois é...

Porquê a aveia?

A aveia é um cereal, hidrato de carbono com muita quantidade de fibra solúvel e não insolúvel. 
FIBRA SOLÚVEL: é este requisito que torna este alimento funcional, pois para além de diminuir a absorção de gordura e açúcar no intestino, em doses adequadas estimula a perda de peso mas é um ótimo aliado para quem quer ganhar massa muscular/massa magra/peso. 
A parte insolúvel da aveia é importante pois tem efeitos anti-cancerígenos. 
Vários estudos comprovam que a aveia é ótima para controlar o colesterol, retarda o envelhecimento e o aparecimento de doenças e melhora o nosso sistema imunitário.  

Outras razões de usar a aveia?

  • nada melhor que papas de aveia para aquecer a nossa manhã;
  • versátil, dá para ser usada nas saladas, no preparo de massas, pão, bolos, mingaus, sumos...entre outras;
  • Evita os tais picos hipoglicémicos;
  • prolonga o efeito da saciedade; 
  • Rica em vitaminas e minerais;
  • Um dos grãos com maior valor proteico. 

Deixo-vos a tabela nutricional dos flocos de aveia integrais da marca Salutem (um exemplo): 



As principais versões da aveia são:

  • Flocos: o grão permanece integralmente prensado, ou seja, conserva os seus nutrientes. 
  • Farelo: provém da camada externa do grão, por isso apresenta maior quantidade de fibras.
  • Farinha: ótima alternativa à farinha branca de trigo. Perde em quantidades de fibra em relação às anteriores. Por isso a melhor maneira é moer em casa os flocos de aveia para obter a farinha. 

Agora vem a melhor parte...vou deixar a maneira como eu faço as papas de aveia e as mil e uma maneiras de come-las sem me fartar. Ou melhor, eu não me farto, são fantásticas.

1º A base das papas:
  • A quantidade de aveia depende dos vossos objetivos (perder/ganhar peso). Eu por exemplo uso normalmente 4 a 5 colheres de sopa cheias (a contar que cada uma tenha 10 gr de aveia) pois quero aumentar de peso. 
  • Liquido a usar: há quem faça com água mas eu prefiro com leite. Como não bebo leite de vaca uso normalmente o leite de soja (o menos açucarado possível). Já experimentei com leite de amêndoa e ficou divinal. 
  • Segredos: muito importante e não pode faltar, o pau de canela e raspa/casca de limão. 
  • Fogão: colocar tudo na panela/cafeteira e deixar cozinhar até ficar em papa. O processo demora entre 5 a 10 minutos. Eu uso sempre os flocos grossos e integrais, dão um sabor mais agradável. 
Quando faço ao pequeno-almoço e tenho pressa e não quero queimar a garganta, mal as papas estejam prontas coloco-as no frigorífico enquanto preparo o resto das coisas. Excelente dica.

Agora a outra parte melhor.

2º A cobertura das papas

Aqui dá para variar imenso. Fruta, sementes, frutos secos e desidratados, queijos...entre outros. Por norma uso as sementes, fruta e fruta desidratada. Vou deixar algumas fotos com a indicação da cobertura utilizada para experimentarem ;)

Agora digam, não é melhor comer a aveia do que esses cereais processados do supermercado? 
Então estão à espera de quê?

Um beijinho enorme e boas receitas. 

Direita: sementes de girassol, linhaça moída, coco tostado e pêssego.
Esquerda: Linhaça moída, sementes de girassol e frutos secos.










Direita: sementes de girassol, linhaça moída e bagas de Goji.
Esquerda: sementes de girassol, mix linhaça moída&goji berries e sementes de chia.
Direita: linhaça moída, coco tostado, pepitas de cacau cru e dried cranberries
(Outros Montes)
Esquerda: base da papa com cacau em pó (Outros Montes), linhaça moída,
coco tostado e pêssego. 

Direita: sementes de cânhamo, mix linhaça moída&goji berries e nozes picadas.
Esquerda: sementes de girassol, linhaça moída e coco tostado.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...